AT&T pode ter desistido da venda da Warner Bros. Interactive

AT&T pode ter desistido da venda da Warner Bros. Interactive

  • Post Author:
  • Post Category:games

Reportagem publicada em junho apontou que AT&T planejava a venda da divisão por cerca de US$ 4 bilhões

Proprietário da Warner Bros. Interactive Entertainment, o conglomerado de telecomunicações AT&T pode ter desistido de se desfazer da divisão de games – como sugeriam planos revelados em uma reportagem da CNBC em junho.

Publicada em junho, a reportagem apontou que a gigante das telecomunicações, que comprou a Warner Bros. Interactive Entertainment em 2018, planejava a venda da divisão por cerca de US$ 4 bilhões (cerca de R$ 21 bilhões em conversão direta) como uma forma de aliviar parte de suas dívidas.

Um novo memorando enviado aos funcionários da companhia por Jason Kilar, CEO da Time Warner, no entanto, detalha uma reestruturação da companhia que indica a permanência da Warner Bros. Interactive Entertainment no grupo.

“Warner Bros. Interactive continua fazendo parte do grupo Estúdios e Redes, junto com nossa equipe de Marcas Globais e Franquias, incluindo a DC, liderada por Pam Lifford, e nossos negócios Crianças, Jovens Adultos e Clássicos, liderados por Tom Ascheim, todos focados em engajar fãs com nossas marcas e franquias por meio de jogos e outras experiências interativas”, escreve Kilar.

Em junho, a reportagem da CNBC apontou que empresas como a Activision Blizzard, Electronic Arts e Take-Two Interactive estariam interessadas em fazer a aquisição da Warner Interactive, que hoje conta com estúdios como Rocksteady, NetherRealm e TT Games. A Microsoft também estaria entre as interessadas no negócio.

O email, divulgado por Kilar na última sexta-feira (07), vem logo após a confirmação de que a Rocksteady está desenvolvendo um jogo do Esquadrão Suicida. O jogo será oficialmente mostrado durante o DC FanDome, evento que será realizado no dia 22 de agosto.

Não é certo, no entanto, como (ou se) os eventos estão relacionados, ou mesmo o que está por trás da decisão da AT&T em manter a Warner Bros. Interactive Entertainment.

fonte www.theenemy.com.br